quinta-feira, maio 01, 2008

NF-kB

A notícia abaixou saltou-me aos olhos !
Muitos de nós assistiu ao brilhante filme " Brilho Eterno de Uma Mente sem Lembranças"

digo brilhante pois foi revolucionário em minha vida!
Neste momento o filme fez por mim, algo incrível! Ressussitou minhas emoções, meus sonhos, meu olhar, não só cinematograficamente como na vida de fato!

eu já desejara o que o roteiro dizia, e desejava como a vida...foi fantástico seu poder sobre mim...

fazia tmepo que não via algo assim ainda mais por essas décadas.
Pois bem, eu tenho uma vida voluntária, não uso estanques para nada, vivo, e deixo rolar tudo o que se passa comigo, não é falta de critério não como pode te suguerir minha confissão, mas pelo desejo de seguir o curos do que me proponho e aceitar o que a vida me dá...
lembro deste momento com o a maior dor que senti, meu corpo sofria, minha mente sofria, era prisioneira de mim mesmo sem maneira de fuga...o que estava ao meu redor não me era suficiente para sair deste estado...lembro de ter sofrido e não foi pouco antes de tudo isso mas isso deflagrou em mim algo mágico, que hj posso dizer que foi de maneira intensamente positiva...
o resultado final que significa o hoje, é imensamente indescritível....quem fui, o que passei da maneira que escolhi passar por tudo aquilo.
o saldo é sentir-se nova, não renovada, mas sim nova...o aprender, o viver, o sobreviver, o desejo de superar, a maneira de como fazer isso, ... por um tmepo longo maior do que a consciência podia me dizer, a sensação do arrastar dos dias...
um mix ferrenho de emoções, o ato de se ver indo para seu próprio desconhecido, se reconhecer lá, pois tu és dona de suas atitudes, a decepção consigo, o abominar de si, o não controle de ter ido tão longe dentro do que se é mesmo, foram revelações incríveis, a maneira de dizer de forma bem humorada sobre o que houve, " um desastre retumbante"!

o desejo não exatamente de voltar, mas de seguir, de romper a si mesmo, de aprender com cada ação, de envergonhar-se, de causar vergonha, um momento onde a decepação resume cada minuto...sentir-se um trapo, sem serventia, sem conseguir enxergar o quanto era possível mudar e sem saber de fato o quanto isso seria fantástico, bárbaro , admirável!

desejei com criança a espera do presente de natal que fosse possível apagar algo...pois só assim me parecia possível de suportar de suportar a si!
ver que a fraqueza não só como defeito, que as circunstâncias foram suficientes pra revelar o que não deveria se mostrar...

a tristeza me abateu de forma que não imaginava, tampouco ser tão vulnerável nesta intensidade...

a paciência se fez amiga, se fez presente, foi condutora de que parecia imutável...
a resiliencia, foi a dádiva da criança...o reconheciamento da fraqueza foi a lição mais aprendida e seguida a risca ...

a falta de ar, começara a ter solução, a aceitação começara a surtir efeito...
a luta parecia perdida e estava apenas começando...

meus olhos não tinham força para se abrir...o ar que já era escasso, me foi suspenso, senti cada membro meu falecer, senti a ida de mim para o infinito...

porém, sentia tbm o cuidado de quem estava perto, senti minhas negações, senti necessidades que não consigo descrever...

senti um brisa soprar, senti que queria enxergar, senti a mão me afagar, senti o verbo voltar, senti a atitude surgir, senti o desejo de ser...

senti o calor, senti o último movimento de força que sabia que possuia, não saberia se o usasse o que restaria, mas por ímpeto o fiz...

por ímpeto pedi socorro pois não suportara mais, mas não por ímpeto fui grandemente atendida...

os eleitos que fizeram parte de cada minuato a eles devo o que não posso pagar...mas tenho inteira disposição de atende-los qdo necessário...

o ar que era uma brisa, virou orvalho, me nutriu, o sol me aqueceu, o chuva me banhou e chega desse trecho cafona...

podemos mudar para a brisa da noite, me resfrescou, os amigos me deram seus drinks e me fartei de diversão!
:D

fui acompanhada em amor por quem me cercava e muito ainda estao no meu convivio...
não esquecerei jamais de cada palavra, cada olhar, cada gesto, cada momento que me ouviram, que foram duros, e sempre apoiadores...

tenho ótimas lembranças de tudo o que passou, sou eternamente grata de ter vivido isso tudo com quem vivi, não poderia ser melhor, tudo absolutamente tudo foi incrível, fantástico, mágico, tudo isso, que não foi pouco mesmo, me fez ser alguém melhor!


sou eternamente grata por ter passado , por ter vivido cada minuto!

sou eternamente grata de saber que posso ser melhor, e que tudo isso se transforou em força e crescimento...

meu eterno obrigado a vcs todos que fizeram e fazem parte de tudo isso.

hoje em dia, não abro mão de nenhum segundo da felicidade, minha amiga de alma presente, meu sorriso que salta ao rosto, como disse, de forma voluntária, a leveza desejada cada dia é contemplada, vivida, agradecida...
o passar dos dias tem sido prova cabal de tudo isso, da esquina até na balada, qdo lançamos mão de uma boa conversa que vai de vã filosofia ao que desejamos mesmo de nós,... cada ouvinte comolhar grato confirma que essa atitude é boa, pra ambos, me nego a não aprender com todos...
hoje há motivos incríveias pra seguir...ver meu sorriso fazer sorrir não poderia ser premio melhor.


p.s.: pelo visto, não precisaremos apagar coisas da memória no, poderemos ter coragem de compreende-las e viver cada momento como crescimento.sermos mestres e aprendizes é um bom objetivo.

******************************************************************

EFE BUENOS AIRES

Cientistas argentinos manipulam proteína para eliminar lembranças
Da Efe
Em Buenos Aires
Cientistas argentinos conseguiram manipular a proteína que interfere na memória para eliminar as lembranças quando são evocadas, uma descoberta útil para tratar de fobias e o estresse pós-traumático, publica hoje a imprensa local.

Por meio de testes com ratos, os especialistas em farmacologia e bioquímica da Universidade de Buenos Aires demonstraram que a capacidade de lembrar pode ser alterada caso sejam injetadas substâncias que anulam a proteína da memória, diz o relatório do jornal argentino "La Nación".

"Abre-se um caminho pelo qual seria possível interferir na memória já formada" nos seres humanos, disse ao jornal o doutor Arturo Romano, um dos membros do grupo de cientistas.

"Poderia ser aplicável a casos de fobias ou a pessoas que sofrem de estresse pós-traumático", afirmou.

Disse que também seria possível tratar todos aqueles transtornos nos quais uma lembrança patológica altera a vida de uma pessoa.

Entretanto, Romano esclareceu que ainda falta muito para poder comprovar se a experiência poderia ser reproduzida em humanos, pois a equipe de cientistas trabalha apenas com ratos por enquanto.

Neles foi encontrada a proteína denominada NF-kB, que atua tanto no processo de consolidação como no de confirmação da memória e regula a expressão de genes necessária para armazenar lembranças a longo prazo.

"Caso seja injetado no cérebro um inibidor deste mecanismo quando a lembrança for evocada, a retenção é afetada", declarou Romano.

De qualquer forma esclareceu que "trazer ao presente algo do passado é um processo ativo. Cada vez que é evocada, a memória pode ser modificada".

Marcadores:

2 Comentários:

Anonymous Le disse...

O seu sorriso me faz sorrir...

1:04 AM  
Blogger Paulinha Köstlich disse...

e o seu me deixa assim meu amour...

5:50 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial