quinta-feira, junho 05, 2008

ciumes

Ciúme como mero sentimento

O ciúme, em princípio, é um sentimento tão natural ao ser humano como o tédio e a raiva. Nós sempre vivenciamos este sentimento em algum momento da vida, diferem apenas suas razões e as emoções que sentimos. Como todo sentimento, tem seu lado positivo e seu lado negativo[carece de fontes?].

[editar] O lado positivo: protege o amor

Nos relacionamentos onde os sentimentos de ciúme são moderados e ocasionais, ele lembra ao casal que um não deve considerar o outro como definitivamente conquistado. Pode encorajar casais a fazer com que se apreciem mutuamente e façam um esforço consciente para assegurar que o parceiro se sinta valorizado[carece de fontes?].

Ciúme potencializa as emoções, fazendo o amor se sentir mais forte e o sexo mais apaixonado. Em doses pequenas e manejáveis, ciúme pode ser um estímulo positivo num relacionamento. Mas quando é intenso ou irracional, a história é bem diferente.

[editar] O lado negativo: prejudica o amor

Às vezes sentimentos de ciúme podem ficar desproporcionais. Por exemplo, quando um homem provoca uma cena embaraçosa numa festa porque sua mulher aceita um convite para dançar com um velho amigo ou quando uma mulher é tomada de ciúmes excessivos pelo fato de o marido ter uma mulher como chefe no trabalho.

Este tipo de reação pode afetar gravemente uma relação, levando o outro parceiro a sentir-se constantemente pisando em ovos para evitar uma crise de ciúme. O parceiro ciumento, muitas vezes ciente de seu problema, oscila entre sentimentos de culpa e auto-justificação....


de todas as especulações/explicações sobre esse sentimento, esta me parece razoável, coeza e possível.
as demais fazem parte do "achismo" aquilo que a maioria dos seres faz, se dedicando a gastar seu próprio tempo em conjecturas sobre o outro.
sabe qo eu é legau disso tudo, e que esse sentimento entre outros, fazerm parte de todos...uns conseguem por em prático o discernimento e refletir rapidamente sobre ele qdo o sente, outros já não tem essa sorte...
por outro lado o que há de legau em sentir esse e as demais sensações / sentimentos que nos acomete, é pensar nele, assumir, ( mesmo que pra si, sabe) e quem sabe num segundo momento ele não pode ocupar o lugar que lhe é de direito, seja dentrou ou fora de nós.

sou super partidária...se sentes algo, que o sinta! não é tolir a si que pode te fazer melhor, mas se reconhecer no maior número de situações possíveis e buscando abertura em si pra mudar, ir contra não é um bom remédio, é uam tentativa....
o TAO ensina " não vá contra e sim deix-se ir junto, pois há caminhos válidos no não lutar contra"
claro que nem todos são bons, porém há muitos que não são previsíveis, como a maior parte da vida, do que se vive e so que se dispõe a viver.

viver é um privilégio...seguir com as ferramentas que dispõe é uma ato de coragem, desejar ser melhor devia ser uma tarefa, ser protagonista , ai sim, eis um objetivo!

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial